Próxima página
24
07/13

Enquanto isso, nos comentários…

Uma parte desse blog que muita gente ignora é a sessão de comentários. Além do comentário que eu faço no final de cada post, tem uma galera que sempre deixa sua contribuição, com comentários as vezes melhores dos que os meus. Altas putarias rolam nos comentários (inclusive muita pegação, ousadia, alegria, e gente de avatar cinza).

Ontem um comentário me chamou atenção nesse post. Veja:

comment

Sim, esse cara, que certamente não transa a algum tempo, fez a lista de todos os personagens que eu criei até hoje aqui no blog. É tão grande que não deu pra printar, então vou colar aqui:

Jairo The Vaca
Murilo The Cavalo
Alfredo The Dog
Luis Maurício The Dog
Paulo Ticiano The Dog
Patrick The Miracle Dog
Ludicrênio The Apavorado Dog
Hélder The Cadeira
Seu Charles The Metrossexual Tiozão
Julianderson The Dog
Lauro The Antena Parabólica Dog
Moldovânio The Gato
Fausto The Não Quero Sair Hoje Dog
Jobso The Vestido Dog
Josias The Bróder Cat
Adeílso The Braços Torneados Peixe
Reginaldo The Kidnapped Dog
Meoslávio The Possuído Por Bestas Do Apocalipse Gato
Eduardo The Sentado Que Nem Gente Gato
Martinésio The Fitness Dog
Bielocássia The Arrested Dog
Paulo Vanesso The Addicted Dog
Silvio Basílio The Dog
Chichorino The Burro Dog
Psychogilda The Pesca E Companhia Cachorra
Alfinho The Tarado Dog
Matosão Pimposo The Bandido
Scheilo The Dog
Setebelo The Peidorreiro Dog
Mirosmar The Caixa
Leonardo The Assassino Golfinho
Josiano The Pescoçoless Dog
Mauro Zuleico The Lazy Dog
Jairo Jr The Beijoqueiro Bezerro
Luis Hêmilto The Dog
Murilo The Violento Cavalo
Marcus Kelve The Dog
Jurema The Foca
Tuliosmar The Exibicionista Dog
Cheslon The Backflip Dog
Rodineivo The OMG Tartaruga
Eduardo The Limpo Pracaralho Camaleão
Dionísio The Dog
Nego Juruna The Porra Loca
Anastácio The Dog
Bernardo The Dog
Sebatiângelo The Latofóbico Dog
Edileuso The Russian Dog
Kolinos The Bisbilhoteiro Cavalo
Bernardo The Lagarta
Letício The Dog
Yolando The Fã Do Obama Dog
Junior The Monkey
Wanderson The Bisha Cat
Clóvis The Cavalo
Chalesmânei The Dog
Marcelo The Pinguço Dog
Billyneuso The Dog
Tio Cláudio
Gaudencio the Hero of the Galera
Menina Aicarlen
Kowalski The Killer Passarinho Of Darkness
Lavínio The Dog
Pseudopaulo The Aventureiro Dog
Isaquenilto The Gato
Samisúnguio The Narnia Dog
Veridiano The Sentado No Trem Dog
Biogueites The Bear Rapist Dog
Elizângelo The Cocô No Lixo Dog
Carlos The Bebum Urso
Raildo The Corvo
Carlos Viviano The Dog
Joãozinho The Cagão
Leopoldo The Sedutor Cat
Régis The Dog
Rivonaldo The Dog
Luis Priscilo The Dog
Osvaldo The Benga
Golimárcio The EU TENHO A FORÇA CAVALEIRO DE JEDI ENTÃO VEM POPOZUDA VAI Dog
Jurema the dançarina aranha
Joleano The Bolhas Legais e Acrobacias Ltda Golfinho
Ricardinho The Imbecil
Olegário The Jumping Fotos Pictures Dog
Ingrid The Chata Pirralha
Natanael The Vesgo Dog
Dualcorey, o Gato Que Não Gosta de Festas
Maoríssio The Dog
Matildo The Sliding Dog
Leopoldo The Negro
Unicef The Jogador
Eduardo The Teletubbie
Renatinho The Ladrão de Beybleide
Manjador Of The Putarias
Menino Elizandro
Klevsnelson the Presente de Natal Dog
Maicrosóftio The Acha Que é Galinha Bode
Daniel o Motorista
Felício The Curte um Bom Som Dog
Ademir The Babaca Dog
Fabrício The Cagado Dog
Bruno Márcio The Eu Falo Também Gato
Charles Wagner The Eu Falo Pracaralho Dog
Juleiko The Arma Secreta Dog
Marley The Lindo Dog
Camisinha The Garoto
Gianfranco The Lindo Peshe
Jamal The Invisível Negão
Deise The LYMDA SÓVOSSEMEFA CYNA Girafa
Sydneuso The Maloquero Dog
Jeovane The Arregão Pinguim
Muriel The Pombo
Jooleeano The Chuta Que é Macumba Dog
Leopoldo The Doença
Uberson The Traficante Dog
Bóres The Magico Dog
Seu Clóves The Idoso Dog And Sua Esposa Denise
Beckham the David Dog
Luano the olha minha cara de sécso preguiça
RAFIQUE THE MACACO
Jeferso the vagina negro
Quéven, o bebê porteiro
Cornélio the voador Dog
WANDERSON the aventureiro
Waldir the quase derrubou a TV Dog
Wilbur the dementador cavalo
Cleito the crianço
Bruninho the poderzinho de foguinho dog
BILE THE GATO THE ASSASSINO
Sr. Hashirama the virjão tio
Seu Carlos the Hero
Tecnogildo the girafa dog
Juleanio the morto
Seu Geraldo the maconheiro
Eduardo the morto by the coca voadora of the capiroto
The flying tartaruga voadora os the saltos jump
Suzana the ursa
Tobi the dog
Seu Hugo

Apesar das faltas de Chocoflex e Luís Priscilo, a lista é 100% correta. Ovulei 3 vezes. Nem eu lembrava de metade desses coiso aí.

E é por isso crianços que vocês devem sempre dar uma passada lá nos comentários pra curtir este que é um dos lugares mais geniais desse blog. Tô sempre lá, lendo tudo, e de vez em quando, respondendo.

Uma dica valiosa do tio Joe para aqueles que não comentam no blog. =)

20
10/11

O Novo Dicionário Da Internet

Vários sites já fizeram algo parecido no passado, mas esta é a minha versão (e a melhor).

Diversas vezes me vi sendo corrigido no Twitter por uma galera que acha que eu sou analfabeto. Um errinho ou outro todo mundo comete, mas muitos erros são cometidos propositalmente, com a intenção de manter viva a antiga arte da ZUERA.

É por isso que eu venho por meio deste esclarecer alguns termos utilizados nas redes sociais este ano (ordem alfabética é para fracos):

Termos comuns:

  • TUINTER: O mesmo que Twitter. Sinônimos: TUINTO, TUISTO, TUIST, etc. Exemplo: MEU TUINTER TÁ DEMAIS HOJE GALERO.
  • FÁCIO: O mesmo que “fácil”, porém escrito de forma zuada. Sinônimos: FÁSSIO, FÁCEL. Exemplo: TÁ FÁCIO PA NGM!
  • COS: O mesmo que “com os”. As vezes utilizado em conjunto com outras palavras. Exemplo: VOU SAIR COSAMIGO.
  • NGM: O mesmo que “ninguém”. Essa não tem exemplo. Porque eu não quero.
  • BÁTIMA: O mesmo que Batman. O cavaleiro das trevas. Exemplo: ME ABRAÇA FORTE BÁTIMA!
  • JENT: O mesmo que “gente”, porém utilizado apenas em início de frase. Exemplo: JENT, HOJE EU TO MAIS LOCO QUE O GORO TOCANDO BATERIA.
  • KD: Mesmo que “cadê” ou “onde está”. Exemplo: CHEGUEI KD GATAS???
  • TOCO: Mesmo que “estou com”. Muito utilizado com o termo SDDS (saudades). Exemplo: TOCO SDDS DO JÁCSO DO PANDERO.
  • BULE: Do inglês “bullying”. Melhor utilizado com o til. Exemplo: TO SOFRENO ~BULE~ GALERO.
  • DAORA: Versão alternativa da gíria “da hora”. Exemplo: FUI PEIDAR E ME CAGUEI, DAORA A VIDA.

 
Frases e concordâncias:

  • PEGÁ AS VADIA TUDO: Refere-se ao ato de pegar as vadias em sua totalidade. Não é necessário plural nem concordância.
  • AS VADIA FICA TUDO LOCA: Quase o mesmo que acima, então não vou explicar.
  • THIS ONLY CAN BE ZUERA: “Isto só pode ser zoeira”, em inglês de Portugal.
  • TODOS CHORA/RI/COMEMORA: A concordância nestes casos não se aplica. Estas frases já estão em vias de extinção, porque tá acabando a modinha.

 
Outros:

  • Uso do til: Utilizado para dar um ar místico à frase, ou quando utilizamos uma palavra legal. Exemplo: HOJE CAGUEI ~~DURINHO~~
  • Gerúndio: Não é necessário colocar a letra “D”. Exemplo: TO FAZENO COCÔ ME LIMPA BÁTIMA.
  • Pontuação: Totalmente dispensável. Exemplo: TO AQUI DEPILANDO A BUNDA MAS QUEM NUNCA NÉ
  • Gênero: algumas coisas podem mudar de gênero conforme necessidade. Exemplo: COISA/COISO, GALERA/GALERO, SHOW/SHOM.

 
Espero que este pequeno dicionário tenha ajudado a evitar mais momentos constrangedores nas redes sociais.
 
Fonte: eu.

25
07/11

O Que é Meme?

Se você é leitor assíduo desse blog, leia este texto. É importante.

Sempre quando falo de memes no Twitter, alguém me fala algo relacionado à tirinhas. Concluí que a grande maioria das pessoas pensa que memes são apenas os personagens das tirinhas.

Se você pensa assim, você está ERRADO.

O termo “meme” é utilizado há alguns anos, e refere-se à qualquer coisa que faça sucesso na internet. QUALQUER COISA, pode ser um desenho mal feito, ou uma frase, imagem, video, ou até mesmo uma pessoa.

O primeiro meme que lembro de ter visto foi este:

Na época, o termo “meme” não era tão popular, mas o “O RLY?” era frequentemente visto em sites e fóruns (não existiam blogs como conhecemos hoje). Por isso, é um meme, dos clássicos.

Abaixo, uma pequena lista de memes, escolhidos aleatoriamente:

 

Coloquei o Forever Alone na lista pra esclarecer que os personagens das tirinhas também são memes, porque a internet os elegeu assim.

Por exemplo: o Forever Alone foi um personagem que surgiu numa tirinha postada no 4chan em 2008. A partir dali, várias pessoas fizeram outras tirinhas usando o personagem, a internet aprovou, e o personagem virou meme. Este é o processo.

Se eu (Joe) crio um desenho no paint, e faço uma tirinha com ele, o desenho é apenas um personagem, não um meme. Se vários outros blogs postarem suas tirinhas utilizando este personagem, e as pessoas curtirem, aí sim, temos um meme.

As próprias tirinhas com memes, são um meme. Sim, pois são uma “moda” na internet. Veja quantos blogs de tirinhas de memes existem hoje. É uma febre!

Daqui um tempo, esse meme vai perder a força, e uma nova febre vai surgir. É um ciclo sem fim. Que nos guiarááá….

Escrevi isso para que vocês saibam o conceito certo, e conheçam um pouco mais sobre o funcionamento da internet. Espero ter esclarecido algumas dúvidas, e espero um dia dar uma palestra sobre memes. =)

22
12/10

Teste: Você é Um Negão de Verdade?

Vou ensinar uma coisa a vocês: pra ser negão, não basta ser negro. Negão é estilo, ginga, personalidade. Você também pode ser um pseudo-negão, mesmo sendo branco, taí o Marcelo D2 que não me deixa mentir. Em compensação, você pode ser negro de pele, e não ter as características necessárias para ser chamado de NEGÃO!

A cultura negra já foi roubada dos negros há anos, e muita gente se diz negão sem saber do que tá falando. Não adianta dizer que é uma coisa, e na verdade ser outra, um negão de verdade sabe identificar seus irmãos.

Por isso, elaborei esse pequeno teste (meio mal feito), para que você saiba se é negão, ou só se faz. Se você não é negro, faça o teste também, pois talvez tenha algum rastro africano no seu DNA, o que pode influenciar bastante no resultado do teste:

voce-e-um-negao

17
11/10

Por Que “Joe”? – A REVELAÇÃO!!!

AVISO IMPORTANTE: Antes de prosseguir, saiba que a história por trás do apelido é constrangedora e sem graça. Eu avisei.

Bom, nem preciso dizer que no post anterior, os mais de 80 comentários falharam em adivinhar qual a origem do pseudônimo “Joe”. Bem que eu queria que fosse por causa de G.I. Joe ou Hey Joe, mas não é.

Ninguém ganhou nada. Ainda bem, porque não tinha prêmio mesmo…

Pois bem, (entra musiquinha) SENTA QUE LÁ VEM A HISTÓRIA…

Eu tinha 12 anos quando aconteceu tudo. Diria que é um pouco traumático contar isso dessa forma, mas vamo lá…

Estava eu, junto com uma pirralhada (uns 10 guris entre 10 e 13 anos), comendo um churrascão bacanudo. Após a refeição, a gurizada ficou meio entediada, e começou aquela bela prática de colocar apelidos nos outros.

Muita risada. Afinal era divertido reparar nos defeitos dos outros (coisas de guri mesmo). Naquela época eu era o cara que mais tinha apelidos. Se eu fosse feio seria bom, mas eu era bizarro. Eu era o maior de todos, tinha o dobro da altura dos outros, e consequentemente, a maior cabeça. Fora o jeito desengonçado, dentes abertos na frente (3 anos de aparelho pra fechar), beiço maior que a cara, e olhos enormes. Lindão, né? Minha sorte foi que com o tempo eu parei de crescer, e tudo se ajeitou no lugar, e agora não sou tão ruim assim (é o que dizem).

Pois bem, voltando àquela tarde traumática, eu já estava tão acostumado a apelidos que nem ligava para o que me falavam ali, até que uma hora, todo mundo cansou. Ficou um silêncio, todos sentados em volta da mesa. Eis que um cara, que havia visto pouquíssimas vezes, levanta da mesa, aponta pra mim, e grita:

TU TEM CARA DE SAPO, SAPO JOE!!!!

Jamais havia sido vítima de um apelido tão cruel. Nem preciso falar que as gargalhadas foram intensas. Foram dias, semanas, meses, todo mundo que me via era “e aí Sapo Joe”. Pra um pirralho de 12 anos isso é pesado, traumatizante.

Os anos passaram, mas o apelido me perseguia. Já não ficava tão incomodado, mas era feio. E muita gente também notou que era feio. Algumas amigas começaram a me chamar só de Joe (meu nome de verdade era muito comum no colégio), e outras pessoas acabaram por adotar a mesma idéia. Gostei, acabei me acostumando, e pegou.

Quando fui pra faculdade, o apelido “Joe” foi junto, e fiquei conhecido lá assim (muita gente nem sabia meu nome). Então, quando fiz o blog, resolvi usar o apelido, e também pegou. Acho que nunca vou me livrar disso.

Enfim, eu sei, a história é uma merda, mas, agora vocês sabem. Em breve, novas histórias constrangedoras da minha vida (loka)…


Vai filhão!

MoveNext Web&Mob - Desenvolvimento de Websites e Aplicativos para Iphones, Ipads e Androids