11 jan 2017

O que mais me deixou PERPLECTO foi o fato de, mesmo trabalhando nesse grau de dificuldade, ele derrubou a bolinha. Só lembrei da mina que pedia dinheiro no semáforo aqui perto de casa com um celular na mão, sempre digitando.

Do leitor Mateus Farias.

Vai filhão!