23 nov. 2015

Todo ano, este saite virtual internético precisa lembrar do aniversário de seu maior ídolo.

Neste mesmo dia de 2011, uma tirinha feita por este que vos fala acabou por ser uma divisora de águas na história desse blog:

Por que eu coloquei essa frase no fim da tirinha? Eu não faço ideia, mas foi a partir daí que eu comecei a soltar minha mente doentia, e criar os mais diversos tipos de besteiras sem sentido, que fizeram esse blog decolar no céu da vitória.

A partir da Vaca Jairo surgiram Menina Aicarlen, Gaudêncio, entre outros personagens, sem falar em todos os mais de 100 nomes de cachorros que eu já tinha criado…

Enfim, os novos leitores talvez nem façam ideia do que esteja acontecendo aqui, mas os antigos estão chorando, todos abraçados em um grande círculo ao redor de uma fogueira cantando KUMBAYA.

A época das tirinhas memes passou, mas Jairo vive. Jairo vai viver pra sempre. Jairo é um símbolo, um guardião silencioso, um vigilante protetor…

…um cavaleiro das trevas.

Vai filhão!