05 jul 2018

A relação do ser humano com o foguete é assim: você descobre o foguete, você gosta do foguete, você tenta soltar um foguete, você se queima ou perde um dedo, você nunca mais encosta num foguete.

Esse aí aprendeu a lição.

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de sua responsabilidade. Você será banido caso comente algo racista, incite o ódio gratuito ou poste spam.